2019: Perspectivas para o Agronegócio (parte II)

Na primeira parte da nossa matéria, discutimos algumas das perspectivas esperadas para o Agronegócio em 2019, tais como as tendências tecnológicas, o ritmo de produção e o aumento da presença feminina no campo. Nesta segunda parte, trazemos para você mais alguns eventos que podem marcar o ano agrícola de 2019 para o Brasil, como as condições climáticas, os resultados econômicos e a tendência de investimentos no Agronegócio!




Expectativa Climática

Apesar de ser difícil prever um padrão climático para o ano todo, algumas variáveis já podem ser estabelecidas com boa precisão. A agência americana NOAA prevê uma chance de 70% do fenômeno El Niño ocorrer logo no início de 2019. Na prática, isto significa que as regiões no Centro-Sul do Brasil terão períodos de chuvas equilibradas que podem favorecer substancialmente as safras, enquanto as regiões mais ao Norte devem se preparar para períodos de chuvas mais irregulares.




Também é importante que os produtores e organizações do Agronegócio das regiões mais chuvosas se antecipem ao aparecimento de algumas pragas decorrentes da umidade, tais como a ferrugem, para poderem desfrutar sem problemas de uma boa safra.




Resultados Econômicos

Com uma demanda alta e condições favoráveis para produção, a previsão de crescimento do PIB do agronegócio para 2019 é de 2%. Assim como nos outros anos, este é um ganho excelente em relação ao PIB total do Brasil, além de ser uma prova da resiliência singular do Agronegócio diante de um mercado global incerto e dos desafios internos, tais como a greve dos caminhoneiros e os gargalos logísticos em geral.




O cenário para a pecuária e a agropecuária também mostram resultados positivos, com uma expectativa de crescimento em torno de 4,3% sobre o seu Valor Bruto de Produção.




Abertura de Investimento

As sinalizações positivas dos últimos anos, a estabilidade política após as acaloradas eleições e as previsões otimistas mostram que o Agronegócio será o alvo de grandes investimentos em 2019. Segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o Brasil é líder mundial em agropecuária sustentável; ao mesmo tempo, uma pesquisa da Deloitte mostra que 97% dos empresários ligados ao setor pretendem realizar investimentos neste próximo ano. É uma boa hora para as organizações do Agronegócio buscarem manter o ritmo das inovações tecnológicas e focarem em soluções que podem consolidar seus ganhos financeiros, aumentando a produtividade e a fidelização de seus clientes.




Estas são as perspectivas para o Agronegócio brasileiro de 2019! Se você ainda não viu a primeira parte deste post, clique aqui e confira mais alguns tópicos importantes sobre este assunto! Siga também a nossa página no Facebook e no Linkedin, e confira mais conteúdos sobre tecnologia e agronegócio!

COMPARTILHE ESSE POST


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá.
Lembre-se que o comentário é de inteira resposabilidade do autor.


Feito com carinho