6 prejuízos no agronegócio que podem ser evitados

Trabalhar a terra é uma arte: é preciso saber manejar o solo, conhecer o clima, calcular a safra e lidar com os imprevistos. Alguns erros relacionados à agricultura podem acabar comprometendo o trabalho do ano todo e, por isso, os profissionais dessa área devem estar atentos.


Sendo assim, é necessário conhecer as fontes de prejuízos no agronegócio e como evitá-los, para manter a lucratividade. A seguir, listamos alguns erros comuns e como fazer para contornar esses problemas. Confira!


Gestão de estoques


As propriedades rurais precisam armazenar insumos agrícolas, alimentos para animais, sementes e, também, a colheita. Se os gestores da fazenda não tiverem um controle rigoroso de entrada e saída da produção, bem como dos materiais utilizados no cotidiano, há uma grande possibilidade de prejuízos.


Desperdício de água


A água é um dos bens mais preciosos no agronegócio. Desperdiçar água é desperdiçar dinheiro! Por isso, é importante ficar atento aos equipamentos de irrigação, aos poços artesianos, às cisternas e caixas d’água. As fazendas que são abastecidas por açudes precisam de mais cuidados quando o assunto é o uso da água — principalmente na época de escassez de chuvas.


Desperdício de agrotóxicos


Os pesticidas precisam ser muito bem aplicados para evitar duas complicações: o desperdício e a contaminação do solo e do ambiente que rodeia a plantação. Pesquisadores revelaram que quase metade das aplicações de defensivos agrícolas no Brasil é feita de maneira equivocada, e na maioria das vezes, a responsabilidade é do agricultor. A aplicação de agrotóxicos de forma incorreta faz com que muito produto seja desperdiçado. Por isso, se o produtor não possui expertise para aplicar o pesticida, a melhor solução é procurar um serviço profissional.


Erros na logística


A produção rural brasileira é impactada pelas dificuldades com o transporte e a armazenagem. Falhas logísticas geram prejuízos e desperdícios enormes para os produtores rurais. Em um levantamento feito no Brasil no ano de 2010, aproximadamente 10% da produção rural — cerca de quatro bilhões de dólares — eram desperdiçados devido a esses erros.


No momento de planejar a logística da produção, o agricultor deve levar em consideração a validade do seu produto e a maneira como ele vai ser conduzido até os seus compradores. Esses fatores influenciam na margem de perda da produção, algo que impacta nos resultados da fazenda.


Falta de profissionalismo na gestão


Uma propriedade rural é uma empresa, e deve ser tratada com seriedade quando o assunto é a sua administração. Muita gente tem o domínio da terra, mas sente falta dos conhecimentos necessários para tocar o negócio de maneira produtiva. Sendo assim, o produtor precisa procurar meios de atualizar seus conceitos de gestão para acompanhar a evolução do mercado.


Desatualização


Atualmente existem diversas soluções tecnológicas que foram criadas para auxiliar na produtividade do campo e na gestão das plantações e rebanhos. O agronegócio evoluiu, e os produtores precisam acompanhar essa evolução de perto para conquistar melhores resultados nas safras.


Esses são seis dos erros que mais geram prejuízos no agronegócio. Atualmente, a gestão de uma fazenda requer mais objetividade e economia, exigindo cada vez mais dos produtores em relação à administração de recursos.


Assim como as propriedades, as revendas agrícolas também precisam de boas práticas na sua gestão. Se você ficou interessado pelo assunto, não deixe de conferir nossos artigos sobre a gestão de pessoas, o relacionamento com o cliente e a administração financeira!

COMPARTILHE ESSE POST


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá.
Lembre-se que o comentário é de inteira resposabilidade do autor.


Feito com carinho