Calendário Agrícola – Conheça como funciona


O Brasil tem um grande destaque no mundo agrícola, devido sua fartura, solos bastante férteis e alta produtividade. Tudo isso vem de um grande esforço dos produtores rurais, que estão sempre se atualizando, e atualmente, se conectando com a tecnologia que chegou tanto para facilitar a sua vida, como aumentar a quantidade e qualidade dos produtos postos à mesa. Dentro desse esforço colocado, existem diversos fatores para que tudo saia como o planejado. 




E para que o produtor rural não tenha prejuízos durante essa trajetória, é preciso ficar atento para algumas práticas que são recomendadas para que se obtenha o sucesso na colheita. E uma das mais importantes, se não a mais, é a criação do Calendário Agrícola.





Começaremos hoje, uma série de 4 capítulos onde vamos conhecer todos os detalhes sobre o calendário agrícola, e vamos analisar produtos e períodos de plantio e de colheita em cada uma delas.





Características climáticas das principais culturas brasileiras:


Antes de passarmos para o calendário de fato, precisamos entender que cada cultura dentro do nosso país exige um diferente tipo de cultivo, já que elas se originaram de locais diferentes, tendo que se adaptar da melhor forma em terras tupiniquins.





• algodão: muito sensível às temperaturas frias. O clima deve permanecer entre 18?°C e 30?°C, nunca sendo superior a 40?°C;


• amendoim: completamente dependente da temperatura. Mais eficiente entre 25?°C e 35?°C;


• arroz: não tolera temperaturas extremas, por isso, 20?°C a 35?°C é o ideal;


• cacau: exige solos profundos e ricos e clima quente e úmido. Temperatura média de 25?°C;


• café: temperaturas mais altas podem aumentar a produtividade, mas aumentam também a proliferação de pragas. Temperatura ideal entre 19?°C e 22?°C;


• cana-de-açúcar: para garantir a produtividade, a temperatura não pode ser inferior a 20?°C. O ideal é manter a faixa de 22?°C e 30?°C;


• feijão: com as técnicas corretas de irrigação, o feijão pode ser cultivado o ano todo. O seu rendimento varia muito de acordo com a umidade do solo. A temperatura ideal é de 18ºC durante a noite e 28ºC durante o dia;


• mandioca: se adapta facilmente aos ambientes, é cultivada em todos os estados brasileiros e a temperatura ideal varia entre 20?°C e 27?°C. Temperaturas baixas retardam o crescimento — o que é muito comum na região sul do país;


• milho: tem bons resultados em quase todos os climas e regiões. Temperaturas baixas demais podem retardar a maturação dos grãos;


• soja: se adapta bem em temperaturas entre 20?°C e 30?°C. A semente precisa absorver metade do seu peso em água, o que é mais fácil de ocorrer em torno de 30?°C;


• trigo: é uma cultura de inverno, amadurece melhor em locais frios. Solos não podem ser compactados e precisam ser bem férteis.





Como funciona o calendário Agrícola



O primeiro passo a se fazer em qualquer trabalho é planejar. Não é de se surpreender que no agronegócio seria diferente. O produtor e quem quer que seja que esteja em seu auxílio precisa ficar atento aos mínimos detalhes.


Um exemplo disso é fazer o plantio no momento correto. Não é correto você realizar o cultivo de trigo, por exemplo, na região Matopiba, onde as temperaturas são mais elevadas. É preciso estudar a cultura, o solo, a temperatura para que tudo tenha sucesso. Vendo de fora parecia mais fácil, não é?


Depois desse estudo é preciso saber também quais vão ser as peças chaves para realizar as ações necessárias para o manejo das máquinas e instrumentos necessários para fazer toda a produção. Desde o plantio até a colheita.


Verificar qualidade do solo e avaliar o clima é também de extrema importância. Ciclos chuvosos, velocidade do vento, variação de temperatura, umidade do ar são alguns dos fatores que podem alterar todo o processo realizado, e consequentemente mudar todo o planejamento de um plantio ou colheita.





No próximo post, começaremos a explorar os principais produtos cultivados nas regiões Sul e Sudeste. Acompanhe o blog Datacoper. Toda semana temos novos conteúdos.

COMPARTILHE ESSE POST


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá.
Lembre-se que o comentário é de inteira resposabilidade do autor.


Feito com carinho