CRM

As 6 tendências da agrodistribuição [Parte I]

O mundo dos negócios está mais competitivo do que nunca. Neste cenário as empresas procuram por um diferencial para se destacar dos concorrentes. Um dos caminhos para isso é a observação das tendências sociais, que auxiliam a criação de produtos e serviços focados no clientes. Porém quando se refere a tendências, isso remete a algo que vai agir no mercado por um período específico, de no máximo cinco anos. Há ainda outras ações, como por exemplo uma novidade, que dura algumas semanas e desaparece. Outros levam mais tempos, como uma moda, com validade média até um ano, e existem ainda casos que podem ser chamados de macrotendência, que duram entre cinco e dez anos.

Trabalhe conosco e aprenda como inovar e acompanhar as tendências sociais As tendências da agrodistribuição - Inovação e tendências sociais - As tendências da agrodistribuição

Seja qual for o impacto das tendências sociais, é importante a organização se manter informada a respeito do que é predominante, ou seja, o que os clientes necessitam e quais são os seus desejos de compra. No entanto, observa-se que em todas as áreas de negócio há algum tipo de particularidade com relação às tendências. Os monopólios ou oligopólios, em que uma ou mais empresas respectivamente comandam os interesses, acabam ditando as regras do mercado.

Por isso é importante, independente do tempo e do nível de aprendizado, diversificar e modificar as ferramentas de trabalho, tecnologias e outros recursos utilizados pelas empresas para se relacionarem com clientes. Um fator imprescindível para o empresário agrodistribuidor é estar antenado às tendências e acompanhar o ritmo do mercado. Empresas que decidem aderir às novidades após o ?boom? certamente não aproveitarão o bom momento e certamente darão prejuízos para a empresa e investidores. Para evitar isso, o empresário deve possuir o timing e acompanhar o mercado de perto para aproveitar as melhores oportunidades na hora certa, em outras palavras estar antenado as tendências da agrodistribuição.

A maneira ideal para acompanhar essa evolução é participar de feiras, workshops, palestras e se informar a respeito de outros segmentos para ampliar a visão e atuação. O empresário tem a chance de se atualizar e atuar em novos nichos de mercado. É neste contexto que surgem tendências, pesquisas de mercado, opinião de consumidores e novos gostos. Uma forma de antecipar esse cenário é seguindo as tendências da agrodistribuição, as quais agrupamos em duas partes, onde são abordados diferentes métodos e análises para auxiliar os agrodistribuidores. Se você é um deles, não deixe de ler!

1 - Diversificação

As tendências da agrodistribuição se iniciam na necessidade de mostrar maior variedade de produtos e ofertas, juntamente com a inovação e incrementos no mix já existente. Inovar ou diversificar na distribuição de insumos tem a ver com oferecer produtos atraentes para o produtor rural, incluindo promoções atrativas, realizar palestras e workshops, despertando a curiosidade do consumidor que ainda não conhece a empresa e agregando valor ao cliente. Estar antenado às necessidades dos clientes e participar de congressos e eventos importantes na área são essenciais para buscar maneiras de fazer isso. Pesquisas para comprovar se o investimento será viável também podem funcionar. Empresas que não fazem uso desta prática dificilmente permanecem no topo. A Kimberlit inovou ao realizar pesquisas e mergulhar de cabeça no mundo do agrodistribuidor e revendedor de insumos. A empresa montou uma linha completa de insumos, além de atuar no ramo da biotecnologia desenvolvendo novas tecnologias para otimizar ferramentas já existentes, uma ótima estratégia para despertar o desejo do consumidor em obter seus produtos.

2 - Concentração do mercado

O que o cliente está procurando atualmente? O que está sendo ofertado? Caso estas respostas não surjam, procure no mercado. Uma excelente ferramenta de auxílio para encontrar a resposta é consultar o mapa de empatia de Poster, que surgiu através de estudos desenvolvidos pela empresa XPlane e trata-se de uma maneira prática para identificar quais os segmentos de clientes que o modelo de negócio pretende atender através de uma ferramenta visual que ajuda a descrever um perfil específico de clientes. Boa parte do que é ditado pelo mercado traduz o que os clientes procuram, ou seja, a lei da oferta e da procura, que procura descrever o comportamento dos consumidores e, a partir desta conclusão, tomar uma medida cautelar. O ideal no caso da análise do mercado é aliar o item da diversificação, adequando conforme a necessidade do cliente. Desta maneira quem procura fica satisfeito e quem oferta também.

datacoper-software-business-model-generation-mapa-da-empatia-trabalhe-conosco As tendências da agrodistribuição - Mapa da empatia - As tendências da agrodistribuição

3 - Mudança nos modelos de negócio

O que é um modelo de negócio? É como a empresa cria, captura e entrega valor ao seu público de interesse. Um método bastante eficaz para identificar o modelo de negócios ideal para a organização surgiu com Alex Osterwalder. Trata-se do Canvas, modelo que consiste em analisar a lógica da empresa em criar, capturar e entregar valor, conforme sua atividade. A análise consiste em nove blocos que transformam a visão e compreensão do modelo de negócios de maneira fácil. O modelo funciona conforme o andamento das atividades do lado direito (1ª a 5ª etapas), a boa fluidez destas faz com que as tarefas do lado esquerdo (6ª a 9ª etapas) funcionem.

1º - Segmento de clientes

2º - Proposta de valor

3º - Os canais de distribuição

4º - Relacionamento com clientes

5º - Fontes de receita do negócio

6º - Principais atividades

7º - Recursos-chave

8º - Parcerias

9º - Estrutura de custos

Use o modelo canvas de negócio e aprenda a inovar acompanhando tendências sociais As tendências da agrodistribuição - Canvas do modelo de negócio

A acomodação da empresa é uma sentença à desestruturação, pois concorrentes que aderem a estas práticas sobrevivem às mudanças do mercado. Um exemplo prático é o da marca Kodak, que na década de 90 era uma das principais multinacionais que criavam equipamentos e filmes fotográficos e por conta da ausência de um novo modelo de negócios, visto que o mercado evoluiu bastante em poucos anos, a empresa não conseguiu dar a volta e em 2012 entrou com o pedido de concordata, a fim de sanar suas dívidas. Repensar modelos de negócios na hora certa significa uma vantagem competitiva e sustentável para o agrodistribuidor.

Estes são apenas alguns dos conceitos que servem como critérios para identificar as tendências da agrodistribuição e manter um projeto sustentável. Certamente o agrodistribuidor que está preparado para as mudanças de mercado possui condições de superar as adversidades para prosperar no cenário do agronegócio. Observadas as tendências evidenciadas aqui percebe-se claramente que para colocá-las em prática um sistema de CRM (Customer Relationship Management) ou gestão do relacionamento com o cliente pode impactar positivamente e diretamente nas áreas de:


  • Planejamento de visitas

  • Recebimento da produção

  • Vendas em campo

  • Planos de safra

  • Georreferenciamento

  • Projetos agrícolas

  • Controle de viagem

  • Análise de viagem

  • Planejamento da produção e logística

  • Ações táticas


Todas essas variedades dentro do CRM para o agrodistribuidor ajudam a conseguir extrair dados e informações para a tomada de decisão com base no que você conhece dos seus clientes. Quer saber mais sobre o especialista para o Agronegócio Brasileiro? Então baixe agora mesmo o nosso e-book e conheça mais o software que vai auxiliar a no relacionamento com o produtor rural e perceba que as tendências da agrodistribuição estão alinhadas ao que o sistema de CRM da Datacoper se propõe a fazer.

Nos vemos no próximo post com o segundo e último capítulo: As tendências da agrodistribuição (parte II). Até breve!


 

Fontes
BMGen Brasil
Carlos Schulze

AUTORES
Vinicius Tansini ? Trainee de Marketing de Conteúdo
Carlos Alberto Schulze - Analista de Inovação

 

Saiba mais sobre o Cooperate Agrosuite da Datacoper Software e conheça o CRM para o agronegócio As tendências da agrodistribuição - Cooperate Agrosuite - As tendências da agrodistribuição

COMPARTILHE ESSE POST


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá.
Lembre-se que o comentário é de inteira resposabilidade do autor.


Feito com carinho