CRM

Evolução do CRM no Agronegócio: Melhorando estratégias em um mercado que continua a evoluir

Todos nós podemos observar como a sociedade e os negócios foram completamente alterados pela pandemia que vivemos hoje. Embora alguns aspectos e mercados tenham sido afetados muito mais do que outros, o mundo inteiro sente seus efeitos. A esperança é que, com a devida segurança e responsabilidade, eventualmente possamos voltar a normalidade e se recuperar de qualquer desafio construído por esta pandemia. Mesmo assim, é inegável que os últimos meses mostraram a real necessidade de todas as empresas em evoluir suas práticas e estratégias para sobreviver em um tempo incerto.




Até o presente momento, o Agronegócio foi capaz de manter um bom ritmo em seus negócios apesar dos impactos da pandemia. Sua resiliência é memorável, mas as organizações deste mercado sabem que ela jamais pode ser ligada com a negligência em preparo e tecnologia. Pelo contrário, a preocupação com a inovação e o planejamento deste setor são algumas das qualidades que o fazem sobressair frente aos demais, e serão também estas qualidades que trarão a força para reerguer os negócios quando a pandemia acabar.




Tanto para o presente como para o futuro, é necessário buscar soluções que possam garantir a sustentabilidade financeira da empresa, com uma base forte de clientes e a possibilidade de expansão. Já elaboramos neste artigo sobre como um CRM pode proporcionar estes benefícios para organizações do Agronegócio e mais este post sobre como alcançar o sucesso em sua implantação. Na matéria de hoje, vamos falar sobre como expandir o CRM já adquirido e extrair o potencial máximo desta ferramenta.




Certamente, as particularidades de cada empresa influenciam nas etapas que devem ser tomadas para evoluir suas estratégias e operações, uma vez que diferentes necessidades deverão ser priorizadas. Portanto, os tópicos a seguir representam uma linha guia, não uma regra inviolável, do que se aconselha a ser seguido para alcançar o sucesso com o CRM.




Controle de Operações




Olhar para dentro da empresa e reconhecer pontos que podem ser otimizados em suas equipes é a melhor iniciativa para quem quer dar o primeiro passo na evolução do relacionamento com o produtor rural, pois permite que seus consultores estejam preparados para atendê-lo. Fornecer os meios para os consultores a campo realizarem suas atividades, agendamentos e planejamentos de visitas são alguns pontos que o CRM pode colaborar com extrema facilidade, bem como facilitar a consulta de produtos e preços ao produtor rural durante o próprio atendimento, possivelmente assegurando uma venda. Idealmente, um CRM especialista no agronegócio pode auxiliar mesmo empresas que já desempenham estas funções, com a capacidade de gerar campos demonstrativos para comprovar a eficiência de um produto frente à concorrência e assegurar o valor de seus serviços. E, claro, garantir que o produtor rural também a reconheça e a priorize em suas próximas necessidades.




Gestão das Carteiras




Se uma organização possui os meios para que seus consultores atuem de forma eficiente a campo, o próximo passo em sua estratégia de CRM é então gerenciá-los com excelência e começar a elaborar estratégias para cada um dos clientes já atendidos, permitindo que todas as oportunidades com o produtor rural sejam aproveitadas. Com o controle de operações estabelecido, a empresa deve ter informações o suficiente - recolhidas durante as visitas a campo - para segmentar seus clientes e mapear seu comportamento. Da mesma forma, conhecendo o potencial e padrão de consumo dos produtores rurais, um controle assertivo de metas pode permitir aos consultores tanto extrair o máximo de potencial de sua carteira como também manter suas atividades em um ritmo produtivo.




Visão Estratégica




Um passo importante que todas as empresas do agronegócio precisam alcançar é a capacidade de analisar dados e prever os resultados de suas ações o mais cedo possível, para que se preparem para eventuais desafios ou oportunidades. Assim, qualquer obstáculo se torna previsível e o crescimento da organização depende cada vez menos de fatores externos ou variáveis, fora do controle da gestão. Um CRM neste nível é considerado avançado, é altamente analítico e está embasado tanto em estruturas de dados como em um gerenciamento de equipes bem desenvolvido. Apesar de representar um valor importante para a empresa na garantia de seu sucesso, tomar medidas para instalar uma cultura interna voltada para o uso do CRM e alguns dos passos anteriores seja uma iniciativa necessária para garantir este passo da evolução.




Uma verdadeira ferramenta de CRM é sempre um investimento que cobre os próprios custos de implementação. Da mesma forma, mover esforços para ampliá-lo significa multiplicar ainda mais seus resultados.




Gostou deste post? Confira nosso facebook e linkedin para mais conteúdos sobre gestão e inovação no agronegócio!

COMPARTILHE ESSE POST


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá.
Lembre-se que o comentário é de inteira resposabilidade do autor.


Feito com carinho