CRM

Gestão comercial agrícola: saiba como montar um plano de vendas

Para vender mais não basta apenas oferecer um bom preço ou trazer novidades — é preciso planejamento. Em uma revenda agrícola, por exemplo, é muito importante saber o que vender, para quem vender e como vender, otimizando esforços e elevando o faturamento e a rentabilidade.

Neste contexto, um plano de vendas constitui um elemento indispensável e que multiplica as chances de sucesso do negócio. Quer saber como fazer? Descubra como montar um plano de vendas efetivo para sua gestão comercial agrícola!


Conheça seus clientes


Planejar as vendas é impossível ou, no mínimo, ineficiente se você não conhece quem são os seus clientes. Por isso, é muito importante fazer uma avaliação completa de quem está na sua base, de quais são os clientes mais importantes e quais os produtos possuem mais saída, por exemplo.

Para isso, inclusive, você pode contar com um CRM. Se for voltado para o setor agrícola, um CRM pode indicar questões não apenas como contatos e informações dos clientes, mas também históricos de visitas técnicas ao cliente e necessidades específicas relacionadas a agrovendas, por exemplo.


Estabeleça metas e prazos


Todo plano de vendas precisa contar com as metas de vendas e os prazos estipulados para que esses objetivos sejam alcançados. Essa definição deve ser feita baseando-se tanto numa análise relevante de mercado como também nos próprios clientes.

Se você sabe que boa parte dos seus clientes faz compras para a safra de final do ano, por exemplo, deve focar suas metas de vendas no período em que as vendas tendem a acontecer em número maior.

Ao mesmo tempo, se o mercado demonstra a valorização por determinado produto agrícola, as metas podem ser voltadas a aproveitar essa valorização.


Estabeleça atuações e técnicas de venda


Também é muito importante que o plano de vendas conte com detalhes fundamentais para o seu sucesso, tais como qual será a atuação do time de vendas e quais técnicas de vendas serão aplicadas.

Com a ajuda de um CRM agrícola, por exemplo, é possível implementar um fluxo de nutrição. Da mesma forma, com mais dados é possível investir na criação de um relacionamento com o cliente. Esse relacionamento, inclusive, age tanto para facilitar o processo de vendas como também para estimular a fidelização de clientes em médio e longo prazo.

Com esse tipo de conhecimento, por exemplo, é possível oferecer um kit de soluções personalizadas para determinado produtor agrícola, garantindo que as chances de venda sejam aumentadas — e tudo isso deve estar previsto nesse plano.


Determine métricas e indicadores


Seu plano de vendas vai precisar de acompanhamento constante para que seja ajustado conforme as necessidades do negócio. Por isso, na montagem de um plano de vendas também é adequado estabelecer métricas e indicadores que permitam a mensuração adequada dos resultados.

Estabelecer indicadores de venda altamente relevantes, por exemplo, é fundamental para acompanhar o sucesso das ações. Da mesma forma, fazer medições junto aos clientes, como seus índices de satisfação, ajuda a aprimorar cada vez mais a atuação do negócio.

O plano de vendas é uma forma de se estabelecer como a empresa deve agir para conseguir os resultados desejados junto aos clientes. Para isso, portanto, é preciso analisar não apenas o mercado, mas também os clientes, definindo metas, ações e indicadores. Assim, o uso de um CRM é crucial para aumentar o sucesso tanto da elaboração do plano de vendas quanto a aplicação dele em si.

Vender também significa resolver problemas e oferecer soluções. Por isso, aproveite para ler nosso post com estratégias de como resolver os problemas do cliente.


COMPARTILHE ESSE POST


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá.
Lembre-se que o comentário é de inteira resposabilidade do autor.


Feito com carinho