Os principais desafios para o aumento da produtividade no Agronegócio

O Agronegócio brasileiro desenvolveu um excelente trabalho nos últimos anos, transformando nosso país em um grande player mundial neste segmento. Ainda em 2018, o Brasil promete ser o maior exportador de produtos agropecuários do mundo, arrecadando um valor que ultrapassará 100 bilhões de dólares até o final do ano. Apesar de toda esta evolução, precisamos também nos atentar ao que podemos melhorar para que estes números continuem a se multiplicar, além de mantermos e explorarmos ao máximo o que já temos como pontos fortes.



 

O que já temos ao nosso favor?


Enquanto outros grandes players do agronegócio já possuem uma boa parte de suas terras dedicadas a lavouras, o Brasil consegue alcançá-los em produtividade com uma área muito menor. Isto significa que temos tanto a capacidade de expansão de novas terras, como também contamos com um desenvolvimento mais sustentável, com foco em potencializar a produção de cada hectare ao invés de explorar o meio-ambiente ao nosso redor. Isto acontece muito por causa da terra e do clima que temos, propícios para as culturas que dedicamos a cultivar e aos animais que criamos.


Outro ponto de destaque que podemos citar é a experiência de nossos produtores e das organizações do agronegócio. Desde os tempos coloniais, o Agronegócio sempre fez parte de nossa sociedade e cultura, resultando em um trabalho muito profissional.


Com o lugar certo e as pessoas certas, existem apenas alguns desafios que, se superados, permitirão a cada cooperativa, revenda, concessionária e organização do segmento alcançarem resultados nunca vistos antes.


O que ainda podemos melhorar?


Potencializar lucros dentro do mesmo espaço de cultivo, através da utilização inteligente de defensivos, fertilizantes e combustível para o maquinário agrícola, é exatamente o que tecnologias como a Agricultura Digital podem fazer. Segundo o presidente da EsalqShow, Roberto Rodrigues, a partir das tecnologias adequadas pode-se garantir a sustentabilidade produtiva, tanto no sentido econômico como também nos aspectos sociais e ambientais.


Já é possível o acesso a todas essas tecnologias e o Brasil é um pioneiro em muitas delas, mas as organizações do agronegócio também precisam melhorar sua infraestrutura de TI e confiar em seus resultados para poder usufruí-las. Contando com sistemas e estratégias que possam acelerar o trabalho e otimizar o acesso a informações, pode-se alavancar a capacidade de tomar decisões em qualquer empresa e, por consequência, aumentando sua produtividade.


Aliando-se a especialidade que conquistamos no campo às tecnologias que ora estão sendo desenvolvidas no Brasil, temos as melhores soluções para que o Agronegócio brasileiro vença todos os desafios que o futuro lhe reserva!


Gostou deste post? Toda terça-feira atualizamos nosso blog com novos materiais. Siga nossa página no Facebook e no Linkedin, e não perca nenhuma novidade!

COMPARTILHE ESSE POST


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá.
Lembre-se que o comentário é de inteira resposabilidade do autor.


Feito com carinho