Os rumos da robótica no agronegócio

Por muito tempo tudo foi feito no campo através de mãos humanas, desde o plantio até a colheita. Mesmo há alguns anos atrás, com o desenvolvimento da tecnologia, todos os dados e planilhas que geravam informações das propriedades eram coletados e compilados de maneira simples. Ou seja, a informação dependia de processos totalmente manuais e com eficiência limitada.

Com o passar do tempo as coisas foram mudando, e as mudanças não foram poucas. Com a evolução da tecnologia tudo passou a ser mais rápido e prático. Mesmo os produtores mais tradicionalistas acabaram se rendendo à tecnologia e facilidade com que tudo começou a ser feito. A mão que plantava e colhia acabou sendo praticamente toda substituída por máquinas eficientes e sofisticadas. A análise de dados das propriedades tornou-se automatizada, rápida e com conexões rápidas entre o produtor e seu banco de dados. 

Mas, será que a tecnologia dentro do Agronegócio já chegou ao seu limite? Os jovens, aliados aos produtores e agrônomos mais experientes discordam totalmente dessa afirmação. Muito pelo contrário, a agricultura não chegou, e provavelmente nunca chegará ao seu limite tecnológico. Conforme avanço a tecnologia, estamos prestes a entrar em uma verdadeira revolução agrícola. 

E o próximo passo serão as máquinas e equipamentos autônomos. Novidades estão surgindo com relação à Inteligência Artificial, chegando às máquinas no campo. Você consegue imaginar um trator sem necessitar da cabine para o piloto? Isso já está bem mais perto do que nós imaginamos. As cabines logo darão lugar a módulos que serão controlados por um controlador, não dentro do trator, mas sim do lado de fora, controlando o gigante de metal remotamente. 

Não só isso! Dentro do que vamos chamar de “Revolução Agrícola”, também conhecido mais popularmente como Agricultura 4.0, temos mais uma série de diamantes que já estão sendo lapidados para serem usados em um futuro breve;

Internet das Coisas (IoT) 

Toda essa tecnologia avançada não surge do nada e nem aparece de repente. Uma série de processos foram criados e evoluídos ao longo do tempo, e o avanço da Inteligência Artificial foi muito rápido. Computadores inteligentes e controles por GPS fazem sozinhos tarefas humanas que há pouco tempo atrás eram praticamente inoperáveis.

Automação de irrigação no agronegócio de precisão

Um dos principais projetos onde essa ação vem sendo implementada é no processo de irrigação. O processo automatiza a irrigação, controlando a quantidade de água, sempre no período correto. Medições de clima e umidade também contribuem muito para esse tipo de técnica.

Colheita e aplicação de pesticidas

Acredite, já existe a oferta de robôs destinados à colheita e à aplicação de pesticidas! Eles também gerenciam a criação de plantas e realizam outras tarefas específicas com sensores e a tecnologia de reconhecimento de imagens. Possibilidades infinitas com esses recursos, que possibilitam o escaneamento e a coleta de dados de toda uma plantação, por exemplo.

Inteligência Artificial

Já pensou se existisse um centro computadorizado onde você pudesse controlar tudo em sua propriedade automaticamente? Essa é a proposta da IBM para esse e outros segmentos, com o gigante da Inteligência Artificial Watson. A máquina da companhia é capaz de estruturar dados não estruturados vindos da internet em uma velocidade impressionante. Seja em texto, vídeos ou fotos, ele pode pensar e realizar as ações como o próprio ser humano. Isso levaria o manuseio de tarefas na agricultura a um patamar muito mais evoluído, prático e rápido, poupando muito tempo para se realizar tarefas e coletar dados.

Uso de Drones para monitoramento

Observar sua propriedade de uma visão privilegiada, controlando a evolução da safra à sua maneira e com várias informações ao seu dispor pode ser um trunfo poderoso dentro do agronegócio. Projetos como o FarmGO, um pioneiro na agricultura digital, disponibiliza através de drones e satélites imagens que podem ajudar o produtor rural no manejo de pragas e doenças, agrometeorologia e mapas de produtividade, reunindo todas essas informações e muito mais em um único lugar.

Se você gostou do post e curtiu as novas tendências tecnológicas para o agronegócio, conheça mais sobre o projeto FarmGO, uma plataforma de agricultura digital ligada diretamente aos tópicos deste post: www.farmgo.com.br

Conheça também outras soluções para o agronegócio em nosso site, e não esqueça que toda terça-feira atualizamos nosso blog. Siga, também, nossas páginas no Facebook e no Linkedin para ficar por dentro de todas as novidades! 




COMPARTILHE ESSE POST


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá.
Lembre-se que o comentário é de inteira resposabilidade do autor.


Feito com carinho